Vou servir café fresco...

Porta da Frente

Aqui é a Casa da Sherazade, a que fala, conta histórias, ri dos próprios tropeços, se diverte com as mudanças que a vida impõe…

Aqui é a casa onde todos são bem vindos pra um café (ah! o café…) e um bom papo descontraído. Gosto de falar e também de ouvir… Conversem comigo, combinado?

Uma casa cheia de amor, bom humor, luz e cores…

Na minha casa, é bom que vocês saibam, tem um q de feminismo, um q de diversidade, um q de tolerância zero à homofobia, gordofobia e machismo nosso de todo dia…

Sejam bem vindxs, me dá um abraço apertado, peguem um café (ou uma cerveja, depende da hora rsrs) e vamos conversar….

Sirvam-se...
Sirvam-se…

Porque Sherazade? Porque é quem conta histórias nas Mil e Uma Noites, quem sabe conversar e é gostoso de se ouvir, quem se salvou contando histórias…

Sempre fui apaixonada por Sherazade, essa com Sh mesmo embora já tenha visto que a grafia original era Xerazade…

Certa vez li “case-se com alguém que você goste de conversar, pois um dia será só isso que terão” e entendi mais ainda a Sherazade….

Ela se salvou e ao seu relacionamento porque tinham prazer em se ouvir…

Então, é isso: vou contar histórias….

Se já for um horário decente... Tem cerveja gelada também...
Se já for um horário decente… Tem cerveja gelada também…